Terça-Feira, 24 de Maio Paraguaçu Paulista 25ºC - 12ºC veja mais

Bebê de apenas três meses de vida morre após se engasgar com leite materno em Martinópolis

13/05/2022 - Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a vítima tinha um histórico de refluxo


Bebê de apenas três meses de vida morre após se engasgar com leite materno em Martinópolis

Um bebê de apenas três meses de vida morreu, na manhã desta quinta-feira (12), após se engasgar com leite materno em Martinópolis (SP).

Segundo informações da Polícia Civil, a mãe, de 22 anos, amamentou a criança, por volta das 4h, e a colocou para dormir novamente.

Já por volta das 11h, ao ir até o berço conferir se estava tudo bem com o bebê, a mulher encontrou-o já sem vida.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e a criança foi encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia de Martinópolis, onde foi constatado o óbito.

Segundo informações dos bombeiros, a criança possuía um histórico de refluxo.

O corpo do menino foi encaminhado para a necropsia, que irá apurar se algum outro fator influenciou no óbito da criança.

 

Fonte: g1



MAIS NOTÍCIAS

Polícia apreende arsenal com armas e facas na zona rural de Garça

Armas foram localizadas durante cumprimento de mandado de busca e apreensão.

Estão abertas as inscrições para o Encceja 2022

Avaliação é voltada a jovens e adultos.

Caixa paga Auxílio Brasil para beneficiários com NIS final 5

Atualmente 17,5 milhões de famílias recebem o benefício.

IBGE divulga resultado do concurso para o Censo 2022

Em Paraguaçu Paulista serão contratadas 46 pessoas, sendo 40 Recenseadores e 5 Agentes Censitários

Receita abre consulta ao 1º lote de restituição do Imposto de Renda

Crédito será feito para 3,38 milhões de contribuintes.

Lutécia detecta casos de raiva em bovinos

Foi realizada a coleta de material de cinco animais com sintomas nervosos sugestivos de raiva

Conselho do GEP vota contra a implantação do Ensino Integral na escola

A medida vinha sendo debatida na escola com várias mobilizações.

Em dois anos, inadimplência subiu 33% com as contas de luz na região de Paraguaçu

Energisa viabiliza negociação para clientes inadimplentes e alerta para ilegalidade

ANUNCIE DIVULGUE