Domingo, 14 de Agosto Paraguaçu Paulista 30ºC - 12ºC veja mais

Crises coletivas nas escolas: o que é, o que fazer e como prevenir?

19/04/2022 - por Íris Vieira da Silva


Crises coletivas nas escolas: o que é, o que fazer e como prevenir?

No dia 8 de Abril de 2022, 26 estudantes de uma escola estadual no Recife passaram mal e precisaram ser socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, após uma crise coletiva de ansiedade. Os jovens apresentaram sudorese, saturação baixa e taquicardia, mas não precisaram ser removidos para unidades de saúde, após o atendimento emergencial. Trazendo a tona um assunto pouco debatido: o que acontece em uma crise coletiva? Isto é real? Embora muitos desacreditem ou pensem erroneamente que se trata de uma forma de chamar a atenção, tal problemática pode estar mais próxima do que imaginamos.

O fato que aconteceu em Recife foi uma crise de ansiedade coletiva onde os alunos necessitaram de auxilio da equipe do SAMU. Os alunos estavam em semana de prova o que acentuou o contexto da ansiedade já acumulada do período pandêmico que vivemos. O Cenário pós pandêmico poderá ser muito pior alerta a OMS em seus discursos sobre alerta às consequências da saúde mental pós pandemia. A volta as aulas trouxeram índices preocupantes de aumento da violência escolar, bullying e fobia escolar. Mostrando que o período do isolamento social acarretou problemas emocionais nos alunos.

Nós seres humanos somos influenciados pelo coletivo, não tem como escapar disto, basta pensar em uma notícia ruim como a morte da cantora Marília Mendonça e perceber o quanto tal fato abalou o país, fazendo as pessoas sentirem-se mal mesmo não sendo da família. A guerra na Ucrânia também é um exemplo de abalo emocional no cenário mundial. Os pré-adolescentes e adolescentes/jovens estão em fase de formação socioemocional tendem a serem mais impactados com a influência coletiva. Por isso o pesadelo das más companhias assola maiormente as casas onde existem essa faixa etária.

Domingo (17/08) a matéria do fantástico entrevistou alguns dos adolescentes e familiares do caso em Recife, mostrando que eles (os entrevistados) já apresentavam sintomas de ansiedade ou estavam passando por momentos de tensão em suas vidas. Um ambiente onde existem várias pessoas com sintomas em comum, mediante a um fator estressante ou traumático pode ocasionar uma crise coletiva. Assim como em um acidente ou catástrofe pode levar uma cidade, bairro ou território em pânico coletivo. As pessoas que vão entrar em crise serão aquelas que já apresentam sintomas, tendências ou que são facilmente induzidas a sentir emoções.

A prevenção deste fenômeno nas escolas deve ser realizada através de um mapeamento comportamental dos alunos, onde através de entrevistas e anamnese aluno por aluno, a escola tenha o quadro de cada um sobre vigilância e encaminhamento se necessário. Ter um psicólogo na escola pode colaborar e muito para evitar tal problemática, uma vez que a escuta profissional chega de imediato quando as crises mostram os primeiros sinais. Assim também, o mapeamento de uma sala de aula, que pode por coincidência agrupar alunos com problemas emocionais e que se não intervido pode acarretar uma crise coletiva, seja de violência, ansiedade ou automutilação, sendo este último muito comum nas escolas. A prevenção do suicídio segue nesta mesma linha, não há muitos índices e fatos ocorridos nas escolas, mas, vamos esperar acontecer?

 

Iris Vieira da Silva

Psicólogo especialista clínico e hospitalar, palestrante profissional, coach educacional e consultor em psicologia em escolas, coordenador dos comitês de prevenção do suicídio e de violências em Paraguaçu Paulista.



MAIS NOTÍCIAS

Batida frontal envolve veículo oficial de cidade mineira e deixa quatro pessoas em Martinópolis

Carro da Prefeitura de Nova Resende (MG) transportava paciente que voltava de tratamento médico

Governo de SP poderá multar quem passar trote para PM e Bombeiros

O valor da multa será de R$ 2.148,70.

Decreto autoriza atuação das Forças Armadas nas eleições

Localidades e período serão definidos pelo TSE.

Johnson & Johnson suspende venda de talco para bebês a partir de 2023

Produto já está suspenso nos EUA e no Canadá.

Conselho da Mulher da ACE Paraguaçu realiza reunião virtual com Sebrae Marília para planejamento

Encontro virtual teve como objetivo a definição de uma agenda de ações para o próximo ano.

Vereadores se reúnem na segunda-feira, dia 15, para mais uma Sessão Ordinária

Na pauta estão 13 requerimentos endereçados ao Prefeito Antian; além de 13 indicações

Juiz Eleitoral convida representantes de partidos políticos para reunião em Paraguaçu

Na reunião serão tratados assuntos relativos às Eleições 2022, como propaganda e fiscalização.

ACE Paraguaçu quer incentivar participação de empresas locais em licitações da prefeitura e órgãos

Objetivo é o fortalecimento do comércio e das empresas da cidade.

ANUNCIE DIVULGUE