Segunda-Feira, 25 de Outubro Paraguaçu Paulista 27ºC - 21ºC veja mais

MEC estuda criação da primeira universidade federal digital do país

17/09/2021 - O objetivo é ampliar o acesso à rede pública federal de ensino


MEC estuda criação da primeira universidade federal digital do país

O Ministério da Educação (MEC) planeja criar uma universidade federal digital para, segundo o ministro Milton Ribeiro, ampliar o acesso dos estudantes de todo o país à rede pública federal de ensino.

“Queremos criar a primeira universidade federal digital no país e ampliar o acesso a todos”, disse o ministro ao participar, hoje (16), de audiência pública na Comissão de Educação do Senado.

Um documento preliminar do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, de maio deste ano, cita a avaliação de viabilidade da iniciativa entre as metas da Secretaria de Educação Superior (Sesu-MEC) para promover a educação à distância nas instituições federais de ensino superior por meio do programa Reuni Digital.

Hoje, no Senado, o ministro Milton Ribeiro disse que a iniciativa segue o modelo já implementado por outros países e respeita as diretrizes, metas e estratégias definidas no Plano Nacional de Educação (PNE). De acordo com o ministro, o uso das modernas tecnologias de informação podem baratear os custos do ensino de qualidade.

“É isso que temos visto em grandes países que estão desenvolvendo essa ferramenta. Vamos começar com alguns cursos e todos vão poder ter acesso, pois com 400, 500 professores, eu posso atingir a milhões de alunos no país todo, obedecendo às premissas do PNE”, disse o ministro.

O ministro lembrou que, nos últimos anos, o orçamento das universidades federais foi impactado pela crise econômica e, principalmente, pela pandemia da covid-19.

“Quando falamos em diminuição das verbas para as universidades federais, eu concordo plenamente. Vejo que, em um passado não tão distante, o orçamento do ensino federal era muito grande, muito maior do que o que temos hoje”, disse Ribeiro

“Vale dizer que vivemos tempo de guerra, de pandemia”, acrescentou o ministro, enfatizando que, na proposta orçamentária para 2022, o ministério pede ao Congresso Nacional que autorize um aumento de recursos para a pasta.

“A proposta que o Parlamento vai apreciar fala em um aumento mínimo de cerca de 17% para as universidades federais, e de 28% para os institutos federais. Por que isso? Porque temos 69 universidades federais com 281 campi. E 38 institutos, Cetecs [centros educacionais técnicos], além do Dom Pedro II. E esses, juntos, somam 670 campi. Então, além da visão política de dar mais oportunidade à [formação] de mão de obra técnica, o número de campi [do segundo grupo] é muito maior”, comentou Ribeiro.

Fonte: Agência Brasil



MAIS NOTÍCIAS

Tempestade causa destelhamento de casas e quedas de árvores em Quatá

Imagens registradas pelos moradores mostram como o temporal causou destruição em diversos pontos

Mais de 12 mil raios atingiram a região durante tempestade

Ventos passaram de 60 km/h e causaram estragos em diversas cidades.

Equipes da Energisa seguem trabalhando para restabelecer estragos causados pelo temporal

Ventos de mais de 60 km/h e chuva intensa foram registrados em toda a região.

Sabesp orienta que população de Paraguaçu economize água até normalizar a situação

Interrupção no fornecimento de energia prejudicou também o abastecimento de água na cidade.

Defesa Civil faz o levantamento dos estragos causados pelo temporal em Paraguaçu

Quem teve danos em suas casas e precisa de ajuda deve ligar para o telefone 153.

Temporal deixa rastro de destruição em Paraguaçu Paulista

Árvores, placas e até fachadas de estabelecimentos comerciais foram derrubados pela forte chuva.

TV PARAGUAÇU NOTÍCIAS EDIÇÃO 263

Confira os destaques da edição que foi ao ar nesta sexta-feira, dia 21.

Sanduiche de linguiça no pão italiano

Crocante, delicioso, irresistível. Vem aprender essa receita com a gente!

ANUNCIE DIVULGUE