Segunda-Feira, 14 de Junho Paraguaçu Paulista 27ºC - 21ºC veja mais

Trabalhadores nascidos em agosto podem sacar auxílio emergencial

11/06/2021 - Parcela foi depositada em 29 de junho.


Trabalhadores nascidos em agosto podem sacar auxílio emergencial

Os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em julho podem sacar, a partir desta sexta-feira (11), a segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 29 de junho. A terceira parcela poderá ser sacada a partir de 27 de julho e a quarta, a partir de 27 de agosto.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial 2021 - Divulgação governo federal

 

O auxílio emergencial foi criado em abril de 2020 pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Na terça-feira (8), o ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o auxílio emergencial será prorrogado por pelo menos mais dois meses. Previsto para terminar em julho, o benefício será estendido até setembro, mas esse período ainda poderá ser ampliado, caso a vacinação da população adulta não esteja avançada.

 “O presidente Jair Bolsonaro é quem vai decidir o prazo. Primeiro, esses dois ou três meses, e então devemos aterrissar em um novo programa social que vai substituir o Bolsa Família”, disse.

Segundo Guedes, os recursos para a prorrogação do auxílio serão viabilizados por meio de abertura de crédito extraordinário. Atualmente, o custo mensal do programa, que paga um benefício médio de R$ 250 por família, é de R$ 9 bilhões.

 

Fonte: Agência Brasil



MAIS NOTÍCIAS

ETEC promove Semana da Administração e alunos abordam temas variados

Iniciativa acontece de 14 a 18 de junho com o tema: “Criar, produzir e transformar”.

Busca por tranquilidade para home office aquece setor imobiliário na região de Paraguaçu Paulista

As cidades do interior tem sido o novo destino de quem está em home office e quer paz e segurança.

ACE realiza nova sanitização na área central de Paraguaçu Paulista

Segundo a ACE, no decorrer da semana outros locais também serão visitados.

Corpo de Bombeiros realiza nesta terça-feira (15) uma campanha de arrecadação de alimentos

As doações poderão ser levadas a sede dos Bombeiros, localizada no Centro de Convergência

Câmara aprova projeto do Prefeito Antian para ações de enfrentamento à pandemia

Crédito de quase R$245 mil será aberto no Departamento Municipal de Saúde

Associação Comercial completa 77 anos de história em Paraguaçu Paulista

De olho no futuro, a entidade agora traça planos e desenvolve ações para um desenvolvimento continuo

Idoso morre após acidente entre carro e caminhão na SP-421 em Oscar Bressane

Acidente aconteceu na manhã de sábado (12). O motorista do carro morreu no local.

TV PARAGUAÇU NOTÍCIAS EDIÇÃO 184

Confira os destaques da edição que foi ao ar na última sexta-feira, dia 11.

ANUNCIE DIVULGUE