Sábado, 02 de Julho Paraguaçu Paulista 29ºC - 14ºC veja mais

Conversando sobre a depressão

24/08/2020 - Bruno Roça Pereira, psicólogo graduado pela Universidade de Marília – Unimar.


Conversando sobre a depressão

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão tem se tornado uma das doenças mais incapacitantes do século XXI, sendo possível observar um aumento do índice de morbidade assim como de mortalidade.

A depressão pode ser considerada uma doença que acarreta um sofrimento psíquico muito intenso, levando o paciente a apresentar sintomas como tristeza, cansaço, baixa auto-estima, sentimentos de culpa ou pensamentos suicidas, pouco interesse em relação à vida diária, falta de motivação para realizar atividades cotidianas em gerais, e também cuidados pessoais. Vale ressaltar que para ser considerada uma depressão os sintomas dessa doença precisam ser avaliados e diagnosticados por um profissional especializado.

São muitos os fatores que podem estar relacionados para o aparecimento da depressão. Algumas causas psicológicas podem ser a separação de um casal, a perda de um ente querido, o desemprego, o estresse do dia a dia por conta de uma vida agitada ou mesmo algum trauma que o paciente tenha sofrido que esteja mal elaborado.

Na sociedade atual em que vivemos é muito comum haver julgamentos em torno do indivíduo que apresenta um quadro depressivo, gerando um estigma em torno desse paciente dificultando o seu tratamento. Para que se possa amenizar essa situação é importante que haja um entendimento mais completo em relação a essa patologia que incapacita tanta gente, assim como um maior esclarecimento em torno de sua prevenção, diagnóstico e formas de tratamento.

Existem muitos métodos clínicos para tratar a depressão adequadamente. Em alguns casos pode ser necessário o uso de medicamentos. A intervenção psicoterápica é muito eficaz, pois dá a possibilidade do sofrimento ser vivenciado, elaborado, e ressignificado pelo paciente, fazendo que este obtenha condições necessárias para enfrentar a sua situação atual fortalecendo o seu aspecto emocional.

O apoio familiar também é muito importante neste momento, assim como a prática regular de exercícios físicos acompanhada de uma alimentação saudável.

 

Bruno Roça Pereira

Psicólogo graduado pela Universidade de Marília – Unimar 2015

Possui Aprimoramento em Psicologia Clínica em Saúde Mental realizado pela Faculdade de Medicina de Marília – Famema 2016/2017

Pós-graduando em Psicoterapias de Orientação Psicanalítica pela Faculdade de Medicina de Marília – Famema 2019/2021

Atende em consultório particular localizado na Rua Prefeito Jayme Monteiro, 357, Paraguaçu Paulista/SP, cel 18 99775 2907 e tel 3361 2769

 

 



MAIS NOTÍCIAS

Prefeitura inicia reparos no Campo Society do Banespinha

Serão realizadas correções no muro e restauração do padrão de energia.

Motociclista morre após bater em cavalo solto na Rodovia em Martinópolis

Rapaz de 29 anos chegou a ser levado para a Santa Casa, mas não resistiu.

Senado aprova PEC com pacote de auxílios a carentes e a caminhoneiros

Com proposta, Estado de Emergência pode ser decretado até fim do ano.

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 43 milhões

Próximo sorteio será no sábado.

Geladeiras devem exibir hoje nova etiqueta de eficiência energética

Etiqueta indica diferença de conumo de até 30% entre produtos.

Sextou com S de Strogonoff de Frango do Restaurante Terceiro Tempo

Cremoso, delicioso, suculento. Peça o seu pelo AiqFome ou pelo ZapDelivery (18) 99786-3195.

Nadadores paraguaçuenses participam da Liga Paulista de Natação e da seletiva dos Jogos da Juventude

Equipe conquistou 25 medalhas, sendo 17 de ouro, 06 de prata e 02 de bronze.

Liquida Paraguaçu 2022 será de 8 a 16 de julho

Lojas que aderem a iniciativa oferecem descontos aos consumidores que variam de 10% a 70%.

ANUNCIE DIVULGUE