Sábado, 08 de Agosto Paraguaçu Paulista 28ºC - 11ºC veja mais

Pandemia reflete na diminuição de acidentes em rodovias da região

24/07/2020 - Ocorrências com veículos leves tiveram recuo de 12% no semestre;


Pandemia reflete na diminuição de acidentes em rodovias da região

Acidentes com veículos de passeio nas rodovias administradas pela CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, apresentaram redução de 12% no primeiro semestre de 2020, em comparação com o mesmo período do ano passado. Balanço apresentado pelo Planejamento e Controle Operacional da concessionária, aponta 225 ocorrências contra 197, na base de comparação.

 Mesmo em plena pandemia, esta retração é resultado de ações contínuas da concessionária pelo PRA – Programa de Redução de Acidentes, com o apoio da PMRv - Polícia Militar Rodoviária e parceiros, que tem como potencializador o foco na segurança do usuário e da via. 

 Na quarentena, a CART apoiou a campanha da ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo, que entre as ações, estimulou motoristas a utilizarem as rodovias somente em casos de necessidade, sempre atentos ao protocolo de prevenção contra o COVID-19.

 De Bauru a Santa Cruz do Rio Pardo, as ocorrências na SP-225 – Rodovia João Baptista Cabral Rennó recuaram 28% - de 58 para 42. Já de Ourinhos a Cândido Mota, na SP-327 – Orlando Quagliato, a redução foi de 60% - 40 para 30. No mesmo período verificado, os acidentes com veículos leves na SP-270 – Raposo Tavares, entre Assis e Presidente Epitácio, apresentaram cenário diferente, com aumento de 118 para 125 acidentes, um crescimento de 6%. 

 Entre os acidentes em viagens de carro verificados em todo o Sistema CART, as principais ocorrências são do tipo colisões traseiras. “As rotas de carro nas rodovias administradas pela Concessionária são, em sua maioria, deslocamentos intermunicipais. Muitas vezes, o condutor sente-se seguro em fazer viagens de curta distância e a pressa e distração somadas à alta confiança traz essa característica de acidente. Já em outras viagens de longa distância, o cansaço ou a falta de atenção ao volante são as causas predominantes dos acidentes”, observa Kaio Nascimento, supervisor do CCO da CART.

Descanso

Na semana em que é celebrado o Dia do Motorista, em 25 de julho, a CART destaca a necessidade de atenção redobrada aos condutores que utilizam as rodovias em veículos de passeio sobre a direção segura.

 Entre as condutas que a Concessionária orienta para a prática do compartilhamento seguro das rodovias está a atenção sobre a sonolência ao volante, um dos fatores atribuídos a colisões traseiras. “Antes de sair para viajar, é indispensável estar descansado. E se sentir fadiga no percurso, as rodovias da CART oferecem 12 bases do Serviço de Atendimento ao Usuário com atendimento 24 horas, com fraldário, banheiros e rede wifi gratuitos, além de cerca de 40 postos de combustíveis, locais adequados para o condutor fazer uma pausa e seguir sua rota após descansar”, destaca Kaio.

 Vítimas

As vítimas de acidentes socorridas com ferimentos por unidades de resgate da Concessionária se mantiveram no mesmo patamar entre os períodos comparados. Foram 83 atendimentos nos seis primeiros meses de 2019, ante 84, em igual período de 2020.

 Na SP-327, região de Ourinhos, foi verificada a maior queda no número de vítimas de acidentes, redução de 44% - de 25 para 11. Já o trecho da Raposo Tavares apresentou aumento na quantidade de feridos, de 39 para 60 – alta de 53%, na base comparativa.

 O número de pessoas que perderam a vida em acidentes de carro diminuiu de quatro para três registros, conforme estatísticas do Planejamento e Controle Operacional da CART. Na SP – 225, de Bauru a Santa Cruz do Rio Pardo, não houve acidentes fatais envolvendo veículos leves entre os períodos analisados.

 “A CART oferece proteção ao motorista, em um corredor 100% duplicado, diariamente conservado por equipes de engenharia para reparos no pavimento, conservação da faixa de domínio e revitalização das sinalizações horizontais (pinturas no pavimento) e verticais (placas).

 Serviços operacionais como inspeção tráfego, atendimento mecânico, remoção (guinchos), pré-hospitalar e resgate complementam este leque operacional que trabalha ininterruptamente e contribui para uma rota mais segura ao usuário”, conclui Kaio.

 

Fonte: Assessoria



MAIS NOTÍCIAS

Em menos de 10 dias, Paraguaçu registra mais de 50 novos casos de Covid-19

Apenas neste mês de agosto, foram 53 novos registros positivos da doença.

Professoras de Paraguaçu inovam no ensino remoto em tempos de pandemia

Criatividade e disposição não faltam para as professoras da rede municipal de Educação de Paraguaçu

Três cachorrinhas castradas estão para adoção responsável

Os interessados podem entrar em contato com o Departamento de Agricultura e Meio Ambiente

Sensibilizada com o trabalho da equipe da Saúde em meio à pandemia, aluna homenageia profissionais

Allana Mikhaele da Silva Mendes fez um desenho e um texto em homenagem aos profissionais da Saúde.

Paraguaçuense de 56 anos morre em grave acidente em Rondônia

Caminhoneiro foi a óbito após a carreta que ele conduzia tombar na rodovia.

Grupo "Amigos da Beth e da Ana" desenvolve trabalho de apoio a familias carentes em Paraguaçu

Aproximadamente 15 familias recebem apoio mensal, especialmente com alimentação.

Governo de SP anuncia retomada das aulas presenciais para o dia 7 de outubro

A partir do dia 8 de setembro, escolas terão opção de reabrir apenas para atividades de recuperação

Governo do Estado envia respirador de transporte para Paraguaçu Paulista

O aparelho será utilizado para transporte de pacientes entre serviços de saúde

ANUNCIE DIVULGUE
TODOS CONTRA A DENGUE