Segunda-Feira, 19 de Abril Paraguaçu Paulista 27ºC - 21ºC veja mais

10 livros para ler durante a quarentena

14/05/2020 - Entre os selecionados, há clássicos, lançamentos e título sobre ansiedade.


10 livros para ler durante a quarentena

Talvez seja este aquele momento que você tão esperava para encarar sua estante de livros e ler todas aquelas obras adquiridas em promoções, sebos e viagens. Ou então, você esteja no grupo de pessoas que busca uma atividade prazerosa para fazer dentro de casa, porém ainda carece de dicas de livros para começar.

Para ambos os casos, vale seguir a nossa lista. Selecionamos clássicos da literatura mundial e outros lançamentos pops. Um livro sobre ansiedade e também contos para quem quer ler aos poucos. Vale o experimento!

 

O Sol é para todos, Harper Lee

O clássico americano é narrado por uma menina chamada Scout e é uma reflexão sobre racismo e injustiça. O livro, escrito por Harper Lee e publicado no Brasil pela Editora José Olympio, conta a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista.

 

Todos os contos, Clarice Lispector

Apesar de ser autora de obras consideradas de difícil compreensão, uma boa forma de entrar no mundo de Clarice Lispector, é por meio de seus contos. Uma opção é o livro Todos os contos, da Editora Rocco, que os reúne pela primeira vez. 

 

Só Garotos, Patti Smith

Não precisa ser fã da cantora Patti Smith ou conhecer suas músicas para se apaixonar por sua obra Só Garotos, publicada no Brasil pela Companhia das Letras. No livro, ela narra sua relação com Robert Mapplethorpe e a busca deles por uma vida artística em Nova York nos anos 1960 e 1970.

 

Cem anos de solidão, Gabriel García Márquez

Difícil soltar Cem Anos de Solidão (Editora Record) após começar a leitura e conhecer mais sobre a família Buendía e o cotidiano da cidade de Macondo. Este é a maior referência do gênero de realismo fantástico e obra-prima de Gabriel Garcia Márquez.

 

O Segundo Sexo, Simone de Beauvoir

Olha aí uma boa oportunidade para encarar as quase 1000 páginas de O Segundo Sexo, de Simone de Beauvoir. Neste clássico, a filósofa existencialista destrincha o lugar da mulher na sociedade. Publicado em 1949, esse livro é referência básica para o movimento feminista do século XX. No Brasil, ele é editado pela Nova Fronteira.

 

Essa gente, Chico Buarque

Romance lançado em 2019 por Chico Buarque, editado pela Companhia das Letras, "Essa Gente" conta a história de Manuel Duarte, autor de best-seller dos anos 1990, que vive uma crise financeira e afetiva. Com formato de diário, ele tem como pano de fundo um Rio de Janeiro em crise.

 

O Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald

Clássico da literatura, o livro é narrado por Nick Carraway, que conhece e cultiva certa amizade com o riquíssimo e misterioso Jay Gatsby. A história se passa nos anos 1920, nos Estados Unidos, e tem como pano de fundo as festas exuberantes na casa de Gatsby, o jazz e transformações de comportamento na sociedade da época.

 

 

Fonte: Casa Vogue



MAIS NOTÍCIAS

Apenas 12% da população de Paraguaçu Paulista foi vacinada contra a Covid-19

No ranking da vacinação no estado, cidade consta na posição 437º, com pouco mais de 5.500 imunizados

Idosos de 65 e 66 anos recebem a vacina contra Covid nesta terça em Paraguaçu

Primeira dose da vacina nesse público ocorrerá por meio do sistema Drive Thru, das 8h às 12h.

Programa Cidade Limpa não é eficaz para o combate a dengue em Paraguaçu, segundo a Prefeitura

Vigilância em Saúde quer instituir uma educação permanente na população

Vereadores se reúnem nesta segunda-feira, 19 de abril

Sessão Ordinária continua ocorrendo mais cedo, às 17h, e sem a presença de público.

Missas presenciais são retomadas com público reduzido em Paraguaçu Paulista

Celebrações estão sendo retomadas presencialmente em todas as igrejas católicas da cidade.

Prefeitura cria Plantão Social em Roseta e Conceição

Os locais já foram definidos e devem ser ativados assim que os trabalhos retornarem à normalidade.

Poupatempo retoma atendimento presencial a partir de 24 de abril

A medida faz parte das iniciativas da Fase de Transição do Plano São Paulo.

Pacientes deixam de realizar procedimentos durante a pandemia

Com o aumento da pandemia de coronavírus a procura por exames de mamografia caiu.

ANUNCIE DIVULGUE