Segunda-Feira, 15 de Julho Paraguaçu Paulista 27ºC - 12ºC veja mais

Ministério Público do Estado de São Paulo denunciou suspeita no caso dos perfis falsos em Paraguaçu

12/06/2024 - Uma das envolvidas aceitou o pagamento de multa; outra foi denunciada e responderá criminalmente.


Ministério Público do Estado de São Paulo denunciou suspeita no caso dos perfis falsos em Paraguaçu

No último dia 05/06/2024, o Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo, que acumula as funções da Segunda Promotoria de Justiça de Paraguaçu ofereceu denúncia contra uma das envolvidas na criação de perfis falsos no Facebook, que visava para propagar notícias falsas e ofender pessoas do município.

SAIBA MAIS

Justiça determina quebra do sigilo de perfis falsos usados para espalhar Fake News em Paraguaçu

De acordo com a investigação, a partir da criação de perfis falsos visando o anonimato, ao menos duas suspeitas identificadas até o momento, teriam passado a realizar notícias falsas, além de ofensas contra pessoas e servidores e autoridades públicas do município. A identificação delas foi obtida após ordem judicial que resultou na quebra do sigilo de dados junto ao Facebook e também junto a operadoras de Internet/Telefone.

Segundo informações obtidas no processo criminal, uma das envolvidas, que é servidora pública do município, realizou um acordo de não persecução penal com o Ministério Público do Estado de São Paulo, ocasião em que confessou todo o esquema criminoso, e ainda aceitou o pagamento de multa pecuniária que será revertida em benefício de entidade beneficente do município. Outra envolvida, porém, que também servidora pública do município, acabou denunciada pelos crimes de falsidade ideológica, difamação e coação no curso do processo, vez que ao tomar ciência do resultado da investigação, foi até o local de trabalho de uma das vítimas para ameaçá-la de agressão, devendo agora responder criminalmente perante o Juízo local.

A TV Paraguaçu entrevistou o advogado das vítimas, Dr. Henrique Baptista, que brevemente comentou que as vítimas ficaram satisfeitas com o desfecho das investigações e o início da ação penal pelo representante do Ministério Público e, ainda aproveitou para alertar as pessoas mal intencionadas, principalmente à véspera das eleições municipais de que “a internet não é terra sem leis”, e que “eventuais autores de perfis falsos criados para fins ilícitos poderão ser identificados, devidamente processados e responsabilizados, civil e criminalmente”.

 

Redação TV Paraguaçu

 



MAIS NOTÍCIAS

Abertura da Copa Internacional de Futebol de Base conta com show na Fonte Luminosa neste sábado

Pedro Granado e Vitão se apresentam à partir das 19h30.

Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada com deficiência intelectual no interior de SP

Mãe da vítima flagrou o companheiro agarrando a filha sem consentimento, tentando beijá-la à força.

Associação dos Funcionários da Cocal organiza o Boteco do Dia dos Pais

Evento será no dia 9 de agosto e terá música ao vivo e um cardápio especial.

Ponto de Cultura realiza Arraiá de Rua neste sábado, dia 13, com diversas atrações

Evento será a partir das 18h, na Avenida São Paulo, Vila Gammon.

Associação Comercial realiza o Liquida Paraguaçu 2024 até este sábado, dia 13

Estabelecimentos comerciais oferecem descontos que chegam a 70%.

Policial militar morre após bater contra carro durante perseguição, em Presidente Prudente

Antônio Carlos Paes Junior, de 36 anos, estava internado em estado grave.

Homem de 41 anos é preso em flagrante após estuprar cunhada adolescente, em Tarabai

Vítima foi encaminhada à UBS do município e a médica responsável acionou a Polícia Militar.

Filho é preso após arremessar frango congelado no rosto da própria mãe, em Presidente Prudente

A vítima, de 72 anos pediu que o filho não entrasse com bebida alcoólica dentro de casa.

Marque #tvparaguacu
ANUNCIE DIVULGUE