Quarta-Feira, 12 de Junho Paraguaçu Paulista 30ºC - 14ºC veja mais

Vinicius Júnior celebra punição de agressores racistas na Espanha

11/06/2024 - “Que outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras"


Vinicius Júnior celebra punição de agressores racistas na Espanha

“Que os outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras”, declarou o atacante brasileiro Vinicius Júnior nesta segunda-feira (10), momentos após a La Liga (entidade que organiza o Campeonato Espanhol de Futebol) anunciar que três pessoas foram condenadas à prisão por insultos racistas proferidos ele. Segundo a entidade, esta é a primeira sentença desse tipo proferida pela Justiça espanhola.

“Muitos pediram para que eu ignorasse, outros tantos disseram que minha luta era em vão e que eu deveria apenas ‘jogar futebol’. Mas, como sempre disse, não sou vítima de racismo. Eu sou algoz de racistas. Essa primeira condenação penal da história da Espanha não é por mim. É por todos os pretos. Que os outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras. Caso contrário, estarei aqui para cobrar. Obrigado a La Liga e ao Real Madrid por ajudarem nessa condenação histórica. Vem mais por aí”, publicou o jogador do Real Madrid (Espanha) e da seleção brasileira em seu perfil em uma rede social.

Agressões racistas

Os gritos racistas que levaram a estas condenações foram proferidos por torcedores do Valencia (Espanha) durante partida contra o Real Madrid em maio do ano passado. Em nota, a La Liga destacou que os réus foram considerados culpados por crime contra a integridade moral com agravante de discriminação por motivos racistas.

Os três torcedores foram condenados a oito meses de prisão e pagamento dos custos do processo. Eles também ficarão banidos por dois anos de estádios que receberem jogos organizados pela La Liga ou pela Real Federação Espanhola de Futebol.

“Esta é a primeira condenação desse tipo proferida na Espanha, após processo levado aos tribunais pela La Liga, com o apoio da Real Federação Espanhola de Futebol, do Real Madrid e, nas últimas semanas, da própria vítima, Vinicius Júnior”, afirmou a La Liga.

Ainda segundo a entidade, durante a audiência os réus leram uma carta em que pedem desculpas a Vinicius Júnior e ao Real Madrid.

“Essa decisão é uma ótima notícia no que diz respeito à luta contra o racismo na Espanha, pois repara o mal sofrido por Vinicius Júnior. e envia uma mensagem clara às pessoas que vão a um estádio de futebol para desfilar insultos. A La Liga irá identificá-los, denunciá-los e haverá consequências criminais para eles”, disse o presidente da entidade, Javier Tebas.

 

Fonte: Agência Brasil

 



MAIS NOTÍCIAS

Entrevias lança websérie para alertar sobre o risco de animais soltos nas rodovias

Objetivo da campanha é motivar o cuidado aos animais.

Cinco curiosidades sobre a festa junina

Além das comidas típicas e dança, comemorações são oportunidade para aprender sobre raízes culturais

Pesquisa quebra mito de que dinheiro não traz felicidade

Uma pesquisa americana e de um site de relacionamento diz completamente o contrário

Feirão de negociação de dívidas da Sabesp vai até sábado, dia 15

Mutirão acontece em todos os municípios atendidos pela Companhia

Tradicional Festa Caipira da Casa Lar será nos dias 6 e 7 de julho

Evento terá música ao vivo, quermesse, almoço e leilão de gados.

Energisa investe em melhorias no sistema elétrico da região

Cronograma desta semana contempla serviços de manutenção na rede

Ônibus Circular gratuito de Quatá atinge marca de 64 mil passageiros em 8 meses

O transporte gratuito é uma opção prática e segura para deslocamento dentro da cidade.

Ministério Público do Estado de São Paulo denunciou suspeita no caso dos perfis falsos em Paraguaçu

Uma das envolvidas aceitou o pagamento de multa; outra foi denunciada e responderá criminalmente.

Marque #tvparaguacu
ANUNCIE DIVULGUE