Quarta-Feira, 12 de Junho Paraguaçu Paulista 30ºC - 14ºC veja mais

Ex-PM acusado de executar foragido em Ourinhos é absolvido por júri popular

17/05/2024 - Decisão foi publicada na madrugada desta sexta-feira (17) após 12 horas de julgamento.


Ex-PM acusado de executar foragido em Ourinhos é absolvido por júri popular

O ex-Policial Militar, Alexandre David Zanete, acusado de envolvimento no assassinato de um homem, em Ourinhos (SP), foi absolvido pelo júri popular, sob a alegação de legítima defesa. Decisão foi divulgada, no começo da madrugada desta sexta-feira (17) após 12 horas de julgamento.

As cinco mulheres e os dois homens que formaram o júri popular decidiram pela absolvição do ex-subtenente após ouvirem três testemunhas de acusação, duas testemunhas de defesa e outras duas pessoas, intimadas a participar do júri, entre elas o delegado responsável pela investigação do caso, e a esposa da vítima.

O caso aconteceu em setembro de 2021, quando Murilo Henrique Junqueira, que era procurado pela Justiça, foi morto a tiros durante uma abordagem feita por Alexandre David Zanete e pelo então cabo João Paulo Herrara. Uma câmera de segurança registrou a ação dos policiais (veja o vídeo abaixo).

Os dois foram expulsos da corporação em maio de 2022, mas apenas Alexandre foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio qualificado.

O MP não apontou o cabo como investigado por homicídio, apesar de eventual responsabilidade por fraude processual, suspeito de alterar a cena do crime.

A princípio, o julgamento seria no dia 30 de novembro do ano passado, mas houve o remanejamento para o 1º de fevereiro de 2024, antes de nova remarcação para maio deste ano.

Registrado por câmeras de segurança

Imagens de câmera de segurança registraram quando os dois policiais viram a vítima em um matagal. Murilo se entregou com as mãos para cima, sem resistir à abordagem. Mesmo assim, foi morto a tiros por Alexandre.

No vídeo, é possível ver o momento em que Murilo está próximo de uma casa, com as mãos na cabeça.

Ele anda um pouco, quando é baleado com o primeiro tiro efetuado por um dos policiais e cai ao chão. Na sequência, o PM efetua o segundo disparo.

Ainda na imagem, é possível ver quando o policial se aproxima do homem, abaixa e efetua o terceiro disparo. O jovem fica agonizando no chão, enquanto o outro policial dá um tiro para o alto, possivelmente para simular um tiroteio.

Uma arma foi apresentada na ocorrência pelos policiais, que teria sido usada pelo foragido antes das cenas gravadas pela câmera de monitoramento de uma casa.

No plantão, os PMs disseram que agiram em legítima defesa, reagindo a uma ação do criminoso. Mas a análise do vídeo feita pela Polícia Civil apontou que não houve confronto.

A dupla chegou a ser presa durante a fase de inquérito, mas foi solta por decisões judiciais.

Prisões revogadas

Em março de 2022, a Justiça revogou a prisão preventiva de Alexandre. A decisão justifica a concessão da liberdade provisória por conta da instrução processual já estar encerrada e pelo fato de Zanete ser primário e portador de bons antecedentes criminais.

A Justiça também determinou ao policial algumas condições durante o período de liberdade provisória, como obrigação de comparecimento mensal em juízo, proibição de manter contato com todas as pessoas ouvidas como testemunhas, e a determinação de que ele não poderia se ausentar da comarca de Ourinhos sem autorização judicial.

O outro policial envolvido no crime, que também estava preso, teve a liberdade concedida pela Justiça, que entendeu não ser mais necessário mantê-lo em reclusão.

 

Fonte: G1



MAIS NOTÍCIAS

Feirão de negociação de dívidas da Sabesp vai até sábado, dia 15

Mutirão acontece em todos os municípios atendidos pela Companhia

Tradicional Festa Caipira da Casa Lar será nos dias 6 e 7 de julho

Evento terá música ao vivo, quermesse, almoço e leilão de gados.

Energisa investe em melhorias no sistema elétrico da região

Cronograma desta semana contempla serviços de manutenção na rede

Ônibus Circular gratuito de Quatá atinge marca de 64 mil passageiros em 8 meses

O transporte gratuito é uma opção prática e segura para deslocamento dentro da cidade.

Ministério Público do Estado de São Paulo denunciou suspeita no caso dos perfis falsos em Paraguaçu

Uma das envolvidas aceitou o pagamento de multa; outra foi denunciada e responderá criminalmente.

Departamento Municipal de Esporte e Lazer abre inscrições para aulas de natação em Paraguaçu

Vagas são para crianças de 8 a 11 anos e para a comunidade em geral

Escritoras de Paraguaçu Paulista participam de Encontro Mundial de Literatura

Valdina e Valdineia possuem vasto currículo literário

Arraiá de Prêmios da APAE atrai multidão e mais uma vez é sucesso em Paraguaçu Paulista

Show de Prêmios teve apoio do comércio local e a finalidade foi arrecadar recursos

Marque #tvparaguacu
ANUNCIE DIVULGUE