Quarta-Feira, 26 de Junho Paraguaçu Paulista 23ºC - 13ºC veja mais

Engavetamento provoca morte de motociclista na Rodovia Raposo Tavares

15/04/2019 - Colisão envolveu três veículos na altura do viaduto de acesso à Ceagesp, em Prudente.


Engavetamento provoca morte de motociclista na Rodovia Raposo Tavares

Uma motociclista, de 32 anos, morreu vítima de acidente de trânsito na tarde desta sexta-feira (12), na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Prudente.

A colisão que envolveu três veículos ocorreu na altura do viaduto de acesso à Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), no Jardim Jequitibás.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o que houve no local foi um engavetamento, que envolveu dois carros e uma motocicleta.

Os veículos transitavam no sentido Álvares Machado–Regente Feijó, quando no km 572, por motivos ainda não esclarecidos, ocorreu o engavetamento.

A condutora da moto morreu no local.

A vítima, identificada como Caroline Consoli Bielsa, tinha familiares em Ribeirão dos Índios e morava e trabalhava em Presidente Prudente.

Equipes da Concessionária Auto Raposo Tavares (Cart) e do Corpo de Bombeiros compareceram ao local para o atendimento da ocorrência.

Motociclista morreu na Rodovia Raposo Tavares, em Presidente Prudente — Foto: Wellington Roberto/G1

A Polícia Militar Rodoviária informou que o trânsito estava lento no local, por volta das 14h30, e que os três veículos envolvidos no engavetamento seguiam na faixa da esquerda da pista, quando o condutor de um carro, com placas de São José do Rio Preto, não conseguiu frear a tempo e bateu na traseira na moto, que seguia à sua frente.

Na sequência, segundo a polícia, também foi atingida a traseira de um outro carro, com placas de Presidente Prudente, que seguia ainda à frente da moto.

Equipes da Polícia Civil e da perícia compareceram ao local para coletar informações e dar início às investigações sobre o caso com o objetivo de apontar as causas do acidente.

Durante os trabalhos de atendimento da ocorrência, o trânsito foi direcionado à faixa da direita.

Segundo o tenente Daniel Martins, da Polícia Militar Rodoviária, existe a suspeita de que o motorista de 28 anos, que conduzia o carro com placas de São José do Rio Preto, trafegava acima do limite de velocidade no trecho.

A motocicleta, com placa de Presidente Prudente, e o segundo carro atingido na traseira na batida estavam parados no local, ainda segundo tenente.

Martins salientou que a provável causa do acidente foi a não observância da distância frontal de segurança do carro que bateu na moto "pela velocidade um pouco mais excedida".

O motorista de 28 anos foi submetido ao teste do bafômetro, que apontou resultado negativo para o consumo de bebida alcoólica, segundo a Polícia Militar Rodoviária.

Como é usuário de marca-passo, o homem de 69 anos, que dirigia o segundo carro atingido no engavetamento, foi levado por precaução para receber atendimento médico.

 

Fonte: G1/ Foto capa: Reprodução/Facebook



MAIS NOTÍCIAS

Troca do óleo usado será nesta quarta-feira em Paraguaçu Paulista

Objetivo é evitar que o óleo seja descartado irregularmente, poluindo o meio ambiente.

Mesmo com início do Inverno, dengue ainda é problema em Paraguaçu

São 1.750 casos positivos e um óbito sendo investigado.

Os riscos da hipertensão arterial

A famosa "pressão alta" atinge pessoas de todas as idades.

Prefeitura de Paraguaçu começa a cadastrar cães e gatos para programa de castração

O Projeto para registro de animais foi aprovado pela Câmara nesta segunda, 24.

Processo Seletivo do Conselho Tutelar de Paraguaçu teve 39 inscritos

São oferecidas 5 vagas; prova no dia 30 de junho (domingo).

Consertão chega a Assis no aniversário de 114 anos da cidade

Em concerto ao ar livre e com entrada franca, artistas apresentam clássicos da música caipira

Câmara promove palestra sobre autismo com analista de comportamento

A palestrante é uma das responsáveis pelo Espaço Potencial, que funciona na cidade de Marília

Paraguaçuense morre após cair em tubulação de destilaria em Platina

Vítima de 56 anos não era funcionário da empresa e não teria visto o buraco, segundo a Polícia Civil

ANUNCIE DIVULGUE
TODOS CONTRA A DENGUE